Home >> Notícias >> Transporte Escolar da rede estadual voltará a operar em Itarana

Transporte Escolar da rede estadual voltará a operar em Itarana

31/07/2015

Transporte Escolar da rede estadual voltará a operar em Itarana

Após reunião realizada nesta sexta-feira (31) as empresas de transporte escolar, que atendem a rede estadual de ensino em Itarana, entraram em acordo com o Governo do Estado e decidiram retomar os serviços no município.

A reunião foi realizada na Escola Municipal "Luiza Grimaldi" e contou com a presença do subsecretário de Estado de Educação, Carlos Eduardo Zucoloto, que veio até o município a pedido da Secretaria Municipal de Educação de Itarana para negociar com as empresas de Transporte.

Também estiveram presentes o prefeito Ademar Schneider, a secretária municipal de Educação, Marcileide Stuhr, diretoras e representantes dos Conselhos das Escolas Estaduais, vereadores e representantes das 11 empresas de transporte escolar que prestam serviço para rede estadual.

Na última licitação realizada pela administração municipal mais de 30 itens do edital ficaram desertos, ou seja, não houveram interessados nas rotas propostas. Com isso, aproximadamente 700 alunos estão sem ir à escola desde o dia 22 julho.

A reivindicação das empresas era receber acima do valor praticado pelo Governo do Estado considerando a realidade geográfica do município que é caracterizada por relevo acidentado. Esse fator, segundo os empresários, aumenta os gastos com o combustível e a manutenção dos veículos, por exemplo.

Com a palavra o subsecretário explicou que, apesar de ser uma prática recorrente, diante da crise nacional o Governo do Estado não tem como trabalhar com valores acima do estipulado na portaria vigente (que determina um preço tabelado para todo o território Estadual). A proposta foi para que os serviços sejam prestados até o final deste ano, com a possibilidade de uma reorganização do sistema de transporte para o início de 2016.

O empresário José Carlos Loriato, mais conhecido como Cacau, disse que diante dos esclarecimentos prestados os empresários compreenderam que não existe a possibilidade de o Estado pagar um valor maior no momento. “Entramos num consenso que as empresas vão trabalhar até o final do ano com essa portaria ”, explica o empresário.  

Segundo a secretária Municipal de Educação de Itarana, Marcileide Stuhr, a Secretaria irá providenciar os trâmites administrativos para contratar o serviço de transporte escolar em regime emergencial. A previsão da secretária é que os alunos retornem às aulas na semana que vem, após assinatura dos contratos.

 

 


Fotos relacionadas:

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter