Home >> Notícias >> Secretaria Municipal de Saúde realiza cadastro da população no sistema e-SUS

Secretaria Municipal de Saúde realiza cadastro da população no sistema e-SUS

13/06/2014

Secretaria Municipal de Saúde realiza cadastro da população no sistema e-SUS

 

De acordo com as normas do Ministério da Saúde, além de apresentar o cartão do SUS os pacientes também deverão estar cadastrados no novo sistema para serem atendidos na rede pública de saúde.

Seguindo orientações do Ministério da Saúde, todos os municípios do Brasil devem cadastrar seus moradores no sistema e-SUS. Quem já é usuário da rede pública de saúde também deverá fornecer informações para o novo sistema. Segundo o site da instituição o objetivo é reestruturar as informações da Atenção Básica em nível Nacional e ampliar a qualidade e agilidade no atendimento ao usuário. Para isso o Ministério precisa saber qual é a realidade vivida por cada cidadão, identificando características individuais e domiciliares.

A Secretaria de Saúde de Itarana começou neste ano a recolher as informações necessárias para cadastrar os habitantes. Essa atividade é desenvolvida por 29 Agentes Comunitários de Saúde do município, que vão até as residências e auxiliam os moradores no procedimento. Para se registrar é preciso responder dois questionários: um individual e outro domiciliar.

Segundo a Coordenadora da Atenção Primária de Itarana, Andréia Herzog , os dados recolhidos são mais abrangentes do que as informações solicitadas antes do novo sistema ser implantado. Além de informar o número de documentos e dados sobre a saúde também são requeridas informações sobre a realidade vivida pelo indivíduo. Através desse levantamento espera-se traçar um perfil de saúde mais completo da comunidade atendida.

Apesar da abordagem ao cidadão ser feita pelos agentes de saúde do município devidamente uniformizados e identificados, alguns moradores estão receosos de fornecer determinadas informações, ou não se encontram na residência na hora da visita. “Estamos sentindo uma certa dificuldade para efetuar os cadastros. Os agentes nos relatam que algumas pessoas não querem fornecer dados sobre documentos, por exemplo, e aqueles que já são usuários da rede não entendem a necessidade de um novo cadastro”, explica Andréia.

Segundo o Secretário Municipal de Saúde de Itarana, Luís Cláudio Coan, o município pretende atender a proposta do Ministério da Saúde e se adequar as normas vigentes. “O cidadão precisa estar em dia com seu cadastro, dessa forma ajudará o Ministério a saber quais as maiores necessidades da população, onde elas se encontram e como fazer para solucioná-las. Além de colaborar positivamente para a melhoria nas condições de saúde do nosso município”, afirma Luís Cláudio.

O antigo sistema utilizado pelo serviço público de saúde, Sistema de Informação de Atenção Básica (SIAB), ficará no ar até o dia 20 de julho. A partir dessa data o cidadão passa a ser atendido através do novo sistema e-SUS

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter