Home >> Notícias >> Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente recolhe cerca de 2 toneladas de embalagens de agrotóxicos

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente recolhe cerca de 2 toneladas de embalagens de agrotóxicos

20/08/2015

Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente recolhe cerca de 2 toneladas de embalagens de agrotóxicos

A Prefeitura Municipal de Itarana, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente concluiu no dia 17 de agosto, véspera do Dia Nacional do Campo Limpo*, o projeto municipal que recolheu cerca de duas toneladas de embalagens de agrotóxicos no interior do município. Ao todo, 26 localidades foram visitadas durante seis dias.

A utilização de agrotóxicos é uma prática recorrente para combater as pragas que podem prejudicar a produção de alimentos causando prejuízos para os trabalhadores rurais. Porém, o uso indevido dessas substâncias pode causar danos para o ser humano além de contaminar o meio ambiente. Uma maneira de diminuir esse risco é realizar o descarte adequado das embalagens dos defensivos, que não podem ser misturadas com o lixo comum e nem queimadas ou despejadas na natureza.  

O produtor rural, Anadir Scardua, foi até um dos pontos da coleta na comunidade de Palmital e depositou as embalagens que acumulou durante três meses. Ele lembra que antigamente era muito comum o rio trazer embalagens de agrotóxicos durante as chuvas, realidade diferente nos dias de hoje, segundo sua observação. “Através de projetos como esse os produtores estão tendo mais acesso as informações. Essa iniciativa é muito boa, uma forma de conscientizar, além de ajudar os produtores e o meio ambiente”, conclui Anadir.

Segundo o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcos Antônio Ferrari, o projeto foi desenvolvido para incentivar a destinação adequada das embalagens de defensivos agrícolas e para ajudar os produtores rurais do município, que teriam que entregar as embalagens na Unidade de Recebimento. “Neste ano nós expandimos a coleta para todas as localidades do interior e recebemos o apoio de muitos produtores. Nossa intenção é realizar esse projeto todos os anos”, explica o secretário.

Todas as embalagens recolhidas foram encaminhadas para a Unidade de Recebimento em Itarana, no Triunfo. Devido a quantidade elevada tiveram que ser alojadas em dois ambientes do galpão de triagem. No local elas serão separadas e vendidas para uma empresa especializada na reciclagem deste tipo de resíduo. Devido ao nível de contaminação das embalagens de agrotóxicos, elas só podem ser reaproveitadas para a mesma finalidade.

Uma parte das embalagens recolhidas em Itarana no galpão de triagem.

O que fazer com as embalagens dos agrotóxicos

a) Preparar as embalagens vazias para devolvê-las nas unidades de recebimento;

- Embalagens rígidas laváveis: efetuar a lavagem das embalagens (Tríplice Lavagem ou Lavagem sob Pressão);

        - Embalagens rígidas não laváveis: mantê-las intactas, adequadamente tampadas e sem vazamento;

- Embalagens flexíveis contaminadas: acondicioná-las em sacos plásticos padronizados.

b) Armazenar, temporariamente, as embalagens vazias na propriedade;

c) Transportar e devolver as embalagens vazias, com suas respectivas tampas, para a unidade de recebimento mais próxima (procurar orientação junto aos revendedores sobre os locais para devolução das embalagens), no prazo de até um ano, contado da data de sua compra;

d) Manter em seu poder os comprovantes de entrega das embalagens e a nota fiscal de compra do produto.

Como fazer a Tríplice Lavagem

a) Esvazie completamente o conteúdo da embalagem no tanque do pulverizador;

b) Adicione água limpa à embalagem até ¼ do seu volume;

c) Tampe bem a embalagem e agite-a por 30 segundos;

d) Despeje a água de lavagem no tanque do pulverizador;

e) Faça esta operação 3 vezes;

f) Inutilize a embalagem plástica ou metálica, perfurando o fundo.

• Este procedimento não se aplica às embalagens flexíveis como: sacos plásticos, sacos aluminizados, e sacos multifoliados e formulações de pronto uso e UBV. Somente utilize água limpa para realizar a lavagem das embalagens.

Fonte: http://www.andav.com.br/repositorio/36.pdf

*O Dia Nacional do Campo Limpo, comemorado em 18 de agosto, celebra os resultados alcançados com a destinação adequada e o reaproveitamento das embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil, reconhecendo a cadeia do Sistema Campo Limpo (agricultores, canais de revenda e cooperativas, indústria fabricante e poder público). 


Fotos relacionadas:

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter