Home >> Notícias >> Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

15/09/2017

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

Autoridades e lideranças dos municípios de Itarana e Itaguaçu estiveram reunidas nesta quinta-feira (14) para discutir a crise hídrica. A reunião foi organizada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Santa Joana (CBH) com apoio das Prefeituras dos dois municípios e da Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH). A medida faz parte de um plano de ação que está sendo colocado em prática para que a água seja utilizada de forma racional atendendo a todos.  

Durante a reunião foi apresentado aos participantes o Acordo de Cooperação Comunitária (ACC) referente à captação e uso da água na bacia hidrográfica do Rio Santa Joana (veja abaixo). O documento, firmado no ano passado, determina dias alternados e horário restrito para a captação de água nos municípios. Em Itarana a captação para irrigação só pode ser realizada as segundas, quartas e sextas-feiras, das 18h às 6h.

O CBH utiliza uma escala de cores para normatizar a captação de água. No momento está sendo aplicada a cor amarela, que propõem a capacitação em dias alternados e restrita ao período da noite. Se a situação se agravar serão aplicadas as determinações da cor vermelha, que suspende toda a captação para fins de irrigação e demais usos comerciais, sendo permitida somente para consumo humano e dessedentação de animais.  

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

O presidente diretor da Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH), Leonardo Deptulski, que esteve presente na reunião, destacou: “neste momento o que nós precisamos é cooperar para compartilhar a água que nós temos”.

O nível do Rio Santa Joana está bem abaixo da média, e alguns de seus afluentes como o Sossego, Bananal e Penedo, localizados em Itarana, secaram. O racionamento é uma alternativa para que a água consiga percorrer todo o leito do Santa Joana até a foz no Rio Doce, atendendo a todos nesse percurso.

Outra ação prevista no plano será visitar as comunidades do interior dos municípios de Itarana, Itaguaçu, Afonso Claudio e Colatina para explicar o ACC e desta forma conscientizar as pessoas para a necessidade de racionar a captação da água. O Comitê também está se organizando para atender denúncias sobre o mau uso da água, a fim de garantir que o acordo seja cumprido.

Diversas autoridades estiveram presentes no evento entre elas os prefeitos de Itarana e Itaguaçu, Ademar Schneider e Darly Dettman, o diretor presidente da AGERH, Leonardo Deptulski, a presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Santa Joana, Dhara Pagel, o comandante do Pelotão da Polícia Ambiental, Tenente Ademir Marques, representantes das Defesas Civis Municipais, Idaf e Incaper, vereadores, secretários municipais, líderes religiosos, representantes de sindicatos e membros do CBH Santa Joana.

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

 

Acordo de Cooperação Comunitária nº001/2016

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

Reunião discutiu a crise hídrica na Bacia do Rio Santa Joana

Confira o Acordo também no formato PDF, abaixo.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter