Home >> Notícias >> Jovens de Itarana recebem certificado na GranExpoES

Jovens de Itarana recebem certificado na GranExpoES

15/08/2014

Jovens de Itarana recebem certificado na GranExpoES

Na tarde da quinta-feira (14), 24 jovens de Itarana receberam o certificado de conclusão do curso “Gestão da Propriedade Rural” durante a GranExpoES, em Carapina, município de Serra. Ao todo 407 alunos, de diferentes municípios capixabas, participaram do evento promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (SEAG) com apoio do Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (MEPES).

Durante a solenidade os jovens fizeram apresentações culturais representando seus municípios. A aluna Gisele Maggione Sthur (20), da turma de Itarana, subiu ao palco para ler o poema “Imigração de fé e temente a Deus” de Aristeu Sbardelotti. Cada turma apresentou também um grito de guerra. O de Itarana era: “Juventude do Campo! Itarana presente!”.

Antes da solenidade a turma passeou pela a exposição e visitou também o stand de Itarana, onde estão sendo vendidos produtos de 11 agroindústria do município.

Qualificação da juventude do campo

O curso “Gestão da Propriedade Rural” foi oferecido gratuitamente pela SEAG e ministrado pelo MEPES com apoio da Prefeitura Municipal de Itarana para jovens de 15 a 29 anos. As aulas tiveram duração de 6 meses e aconteceram aos sábados e domingos – ao todo foram 250 horas de estudo, entre aulas teóricas e práticas.

A aluna, Denise Sthur (20), e seu marido, Josimar Ott (25), colocaram em prática o aprendizado adquirido em sala de aula. O casal diversificou a produção após aprender novas técnicas. “Vimos que o cultivo da banana era um bom negócio e iniciamos o plantio em nossa propriedade”, explica Denise.

O curso tem o objetivo de integrar os jovens ao trabalho desenvolvido na área rural, demonstrando através de informações técnicas que o campo é uma boa alternativa econômica. “Achei muito bom o curso ter vindo para Itarana. Nunca tinha visto uma oportunidade dessas antes. Gostaria que outros jovens tivessem a mesma chance que nós”, conclui a aluna.


  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter