Home >> Notícias >> 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente

5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente

05/06/2020

5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente

A importância da questão ambiental, fundamental para a sobrevivência da vida no planeta, hoje é um assunto em alta, destacando, principalmente, sua relevância. Preservar as riquezas naturais é dever de todos nós e hoje, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, enfatizamos a reflexão de ansiar por mudanças, com atitudes que dependem de nós.

A Prefeitura de Itarana, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (Semama) e demais secretarias municipais, vem realizando trabalhos e atividades ambientais no intuito de melhorar a qualidade de vida do planeta e das pessoas. Também, como forma de conscientizar, promove a educação ambiental interligada a sociedade. Obras e ações surtem efeitos positivos na cidade e no interior do município para o legado das novas e futuras gerações.

É através da legislação ambiental que se defende o controle da poluição atmosférica, os recursos hídricos, as unidades de conservação, a fauna, a flora, os crimes e impactos ambientais, e outros agravantes. O fator econômico tem ultrapassado valores morais com o capitalismo e sua expansão por riquezas. O consumismo da população em geral não favorece o desenvolvimento sustentável. E o mundo tende a piorar.

Conheça agora alguns temas ambientais com direcionamentos em nosso município:

 

Licenciamento Ambiental

Um procedimento administrativo cujo objetivo é atestar a viabilidade ambiental do empreendimento e das atividades pretendidas. A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (Semama) é responsável pelo licenciamento da localização, instalação, operação, ampliação e regularização, das atividades e empreendimentos considerados como impacto ambiental local, realizadas por pessoas físicas ou jurídicas, que de alguma forma, utilizem recursos naturais ou que possam causar degradação ambiental.

Você pode saber mais informações sobre o procedimento do licenciamento ambiental no link abaixo:

INFORMAÇÕES SOBRE O LICENCIAMENTO AMBIENTAL

 

Os 3 Rs

Sustentabilidade envolvem boas práticas. Os 3 Rs se referem a: reduzir, reutilizar e reciclar. Estão diretamente ligados ao consumo e aos gastos dos seres humanos, envolvendo compras excessivas, má destinação do lixo, falta do reaproveitamento de materiais/produtos, etc.

1 - Devemos reduzir o consumo de água deligando as torneiras e evitando desperdícios, assim como com a questão da energia elétrica, apagando as luzes quando não for necessário. São atitudes que não implicam somente em prol do meio ambiente, mas também estão correlacionadas com a economia global.

2 - À medida que reutilizamos os materiais produzidos no mundo, geramos menos impacto na natureza. A criatividade se torna indispensável nesse âmbito, principalmente por criar novas maneiras de olhar para o futuro, reinventando ideias. Cores, formatos, modelos, texturas, darão a sua imaginação originalidade para reutilizar. Pense nisso!

3 - Reciclar está em um patamar mais avançado. É um dos métodos mais simples e inteligentes na alternativa de evitar o lixo e poluições.

 

Coleta Seletiva

A Coleta Seletiva foi implantada em Itarana em 2014 com o objetivo de destinar corretamente e reciclar o lixo seco produzido no município. Esse trabalho é desenvolvido em parceria com a Associação dos Catadores de Itarana (ACI), que é a responsável pela triagem e a venda para a reciclagem. Materiais que seriam descartados podem ser reaproveitados através deste processo de reciclagem por exemplo, diminuindo assim a exploração de recursos naturais e a poluição do meio ambiente.

O lixo, da mesma forma conhecido como resíduo, pode ser dividido em úmido e seco. O lixo seco é aquele que pode ser reaproveitado através do processo de reciclagem, já o lixo úmido é formado por materiais não recicláveis.

 

Lixo Seco é aquele que pode ser reciclado como:

Papéis: jornais, revistas, cadernos, papelões.

Metais: latas de alumínio, tubos de pasta, pregos, panelas, aço e fios elétricos.

Vidros: garrafas, copos e potes.

Plásticos: sacolas, embalagens, garrafas pet.

 

Lixo úmido é formado por material orgânico e não reciclável como:

Restos de alimentos: cascas de frutas e vegetais e pó de café.

Guardanapos, papel higiênico, fraldas descartáveis e absorventes usados, tocos de cigarro e fitas adesivas.

 

Com a Coleta Seletiva esses dois tipos de resíduos recebem destinos diferentes, por isso é necessário separá-los. A separação dos mesmos deve ser feita pelos moradores e pelos comerciantes. Para facilitar o processo a dica é utilizar duas lixeiras destinadas para cada tipo de lixo. Enquanto o lixo úmido continuará sendo recolhido pela Prefeitura nos pontos de coleta dos bairros e destinado ao aterro sanitário, o lixo seco será encaminhado para a reciclagem, diminuindo a poluição e reduzindo a utilização de recursos naturais.

Os resíduos potencialmente poluentes como pilhas, baterias, pneus e lâmpadas fluorescentes devem ser devolvidos nos locais onde foram adquiridos para serem recolhidos pelos fabricantes. Esse tipo de material não deve ser descartado junto ao lixo comum, pois pode causar danos irreparáveis ao meio ambiente.

 

Descarte das Embalagens de Agrotóxicos

A utilização de agrotóxicos é uma prática recorrente para combater as pragas que podem prejudicar a produção de alimentos, causando prejuízos para os trabalhadores rurais. Porém, o uso indevido dessas substâncias pode causar danos para os seres humanos, além de contaminar o meio. Uma maneira de diminuir esse risco é realizar o descarte adequado das embalagens dos defensivos, que não podem ser misturadas com o lixo comum e nem queimadas ou despejadas na natureza.

Com a campanha de descarte das embalagens é possível, de forma prática e cômoda, destinar vasilhames de agrotóxicos utilizados ao caminhão junto a equipe da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (Semama). Anualmente o veículo percorre as propriedades rurais do município no intuito de recolher o maior número desses recipientes. Após coletados, os materiais são enviados à Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuários do Espírito Santo (Assoagres) em Itarana, para sua destinação correta.

Os defensivos agrícolas, utilizados pelos produtores rurais no campo, com o passar dos anos tem se tornado mal manipulados. Em geral, após o uso desses produtos, o agricultor deve devolver as embalagens ao local onde foram adquiridas. O comércio, por sua vez, encaminha o material para a Central de Recebimento de Embalagens, onde é realizada a triagem. Após esse processo as embalagens são destinadas para uma unidade recicladora diferenciada, para serem reaproveitadas.

 

Recursos hídricos

O agravamento de crises hídricas no município tem tornado a vida da população mais calamitosa. Com a água sendo um recurso indispensável para o ser humano e devido à estiagem prolongada, é preciso amenizar a situação da seca. Tanto a área urbana como as propriedades rurais do nosso município possuem responsabilidades a cumprir. A administração municipal, por sua vez, tem investido em obras e manutenções, além de atentar as pessoas, na perspectiva de reservar água para períodos escassos.

Somente entre o período de 2017 a 2020, foram construídas várias barragens nas mediações do município, sendo algumas delas:

 

2017 - Próximo à Rodovia ES-261, ao lado da subestação de Itarana, com capacidade de acumulação de água equivalente a 22.926,61m³;

2018 - Na comunidade da Barra Encoberta, com capacidade de acumulação equivalente a 1.205,9m³;

2018 - Na comunidade do Córrego Ipoméia, com capacidade de acumulação equivalente a 5.102,9m³;

2018 - Em Alto Jatibocas, com capacidade de acumulação equivalente a 859,91m³;

2018 - Na localidade do Sossego, com capacidade de acumulação equivalente a 8.382,33m³;

2018 - Na localidade do Sossego/Toniato, com capacidade de acumulação equivalente a 3.858,36m³;

2019 - Em Alto Bom Destino, com capacidade de acumulação equivalente 3.830,8m³;

2019 - Em Palmital, com capacidade de acumulação em 8.498,52m³.

 

Os trabalhos ainda têm consistidos nas feições de caixas secas, para a captação de água das chuvas no interior de todo município. Essas, recebem manutenção com a devida limpeza visando a melhoria das estradas, sem obstruções e buracos nas vias de acessos. Também auxiliam contra os processos erosivos e assoreamento dos rios.

Garantindo a saúde nas comunidades, foram construídas Estações de Tratamento de Água (ETAs) para propiciar aos moradores água limpa e de qualidade. Além da estação da sede, contamos com o tratamento de água na localidade do Limoeiro do Caravaggio (levando água limpa também para as comunidades de Praça Oito e Vila Berger), Limoeiro de Santo Antônio e em Jatibocas.

Nessa perspectiva, o tratamento do esgoto na cidade também é indispensável, afinal, evita essencialmente a proliferação de diversas doenças.

Para que o esgoto da sede do município receba o tratamento adequado, é necessário que os moradores liguem seus imóveis à Rede Coletora. A ligação é de responsabilidade dos proprietários, que podem contar com a orientação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e da Secretaria Municipal de Transportes, Obras e Serviços Urbanos (SMTOSU).

 

VOCÊ CONHECE O PROGRAMA ADOTE UM JARDIM?

O Programa Municipal Adote Um Jardim, é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Itarana, através da Secretaria Municipal de Transportes, Obras e Serviços Urbanos (SMTOSU), para transformar as áreas verdes públicas do município em espaços agradáveis e humanizados, fortalecendo-as como local de referência comunitária.

Através da parceria Poder Público e iniciativa privada, pretende-se favorecer a conservação e a manutenção de praças, jardins, canteiros, trevos e rotatórias de vias públicas, transformando a realidade paisagística do município de Itarana, estimulando e incentivando também a cultura do ecologicamente sustentável e o sentimento de pertença.

O Adote um Jardim foi criado através da Lei Municipal nº 1249/2017 e regulamentado através do Decreto Municipal nº 985/2018.

Clique na imagem e conheça mais:

5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter